Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A minha vida virada do avesso - crossfitjourney

A minha vida virada do avesso - crossfitjourney

Quando abres os olhos

Eu escrevo, escrevo para mim, porque ao escrever aceito a minha realidade. Ao escrever interiorizo aquilo que deve ser feito e não o que eu acho que deve ser feito baseado nas minhas não racionalizações.

Lamento que tudo o que escreva aqui sejam lamentações, sejam episodios tristes da minha vida, sei que raramente escrevi uma coisa feliz aqui. Mas a culpa e minha, eu sei, a pior parte é mesmo não ter mais ninguem a quem culpar pelos meus lamentos. 

Acabei a minha relação, senti me rejuvenescida, estava numa fase espectacular da minha vida, mas eu não sei estar feliz, não sei ser feliz e nao sei sentir me bem.. acontece, a vida não é dificil as pessoas é que a complicam.. eu sou uma dessas pessoas... gosto de sofrer, de chorar, porque acho que tem de ser assim sempre que nos sentimos frustrados com alguma coisa. A minha separacao do P. nao doeu, foi algo que fui fazendo aos poucos, foi algo em que acredito que fui sendo preparada para ultrapassar sem dramas.. Mas não era suficiente.. ele foi obrigado a sofrer, foi despedido, ficou sem dinheiro e talvez essa fosse a unica forma de ele crescer e perceber que tem de parar de usar as pessoas... Mas eu não quis acreditar nisso e lá estava eu para o ajudar, dei lhe dinheiro, paguei a renda da casa, convidei o a jantar na minha casa várias vezes. Pior do que isso... no aniversário dele fui ter com ele, o cheiro, a casa, o telemovel dele, toda a atmosfera me dava nauseas, causava me ansiedade, fazia me acreditar que estava a aceitar a infelicidade... levei o a jantar fora, paguei o jantar claro e voltei para casa... no meu aniversario deixei que ele jantasse comigo em minha casa com os meus pais..

Hoje, já não me doi psicologicamente, as dores psicologicas de 3 anos a sofrer passaram para o corpo, doem me os bracos de lhe ter batido, agredi o com todas as forças que tinha, coloquei toda a raiva que tinha em mim por mais uma traição, acabou desta vez disse lhe na cara, desta vez acabei ali completamente destruida. Deitei me na cama chorei com o corpo todo, sofri inteira, choraram-me os olhos e a alma, os tornozelos e os dedos dos pés, sofreu o céu e , sofreram as flores e as pedras da rua.. o mundo inteiro ficou de luto. Mas acabou, não há mais nada onde agarrar.