Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A minha vida virada do avesso - crossfitjourney

A minha vida virada do avesso - crossfitjourney

Mente-me com os olhos

Quando a Paula me chamou no facebook para me dizer que finalmente ligava a cara á pessoa, eu fiquei nervosa. é verdade que saí de casa e fui ao encontro dela para saber o que ela tinha para me dizer, quis acreditar que ela era apenas uma mulher revoltada, triste e magoada com o final da relação. Nunca quis acreditar que o P. fosse homem para por uma mulher fora de casa de um dia para o outro sem ter para onde ir. Ela pediu me que o confrontassemos as duas e eu neguei. Fiquei na duvida, nao acreditei nela nem nele. 

Quando o confrontei disse me que a relação deles tinha acabado ha muito e que ela não aceitava, mas que a tinha deixado ficar la em casa porque ela nao tinha para onde ir. Na verdade ela mostrou me mensagens de quando nós ja estavamos juntos e eu nao sabia da existencia dela... fui tão burra...

Nunca soube a verdade, ao longo destes anos fui apanhando algumas mentiras e apercebendo que afinal ele estava realmente numa relação com ela e que terminou com ela porque eu lhe dei conversa. Era o mesmo que ele ia fazer comigo, a conversa dele comigo foi a mesma que ele teve com esta ultima rapariga "não paro de pensar em ti".... estas palavras cortam me o coração, dilaceram cada pedacinho.. e agora sim eu comeco a sangrar... 

 

Em Maio escrevi este texto:

Estou infeliz. Sim é verdade, admito que estou cansada e que nada disto que estou a viver me faz feliz.
Talvez esteja a sofrer alguma doença, sim, acredito que seja uma doença ... Mas quem esta doente? Eu ou ele? Será que sou eu que sou obcecada e que não acredito em nada do que ele diz porque não quero acreditar , ou é ele que com as suas histórias e invenções me deixa neste estado de obsessão e de dúvida? Estou cansada, infeliz e ja não sei mais o que fazer. Vivo por ele e para ele em vez de viver por mim.  Não e isto que quero para mim, não é uma relação assim que sonhei para mim. O que fazer? Deixá-lo? Sim talvez , sempre soube que seria mais feliz se não estivesse com ele. Mas será dele o problema? Não é mentira que eu fui assim com o C., talvez agora seja mais porque temos outra idade e a tecnologia permitiu que houvesse menos privacidade. O problema esta em mim? Embora pense que a culpada desta infelicidade seja eu, não me vejo como culpada, vejo sempre os outros como culpados. A culpa é dele que me mente e inventa histórias... Mas se inventa e se tem outras, se não me ama como diz e se quando diz que quer casar é mentira.... Para que estar comigo? Para que se dar ao trabalho de estar todos os dias comigo e de me fazer as vontades todas? Será que ele gosta que eu seja assim e por isso deixa me sofrer com as minhas imaginações? São tantas perguntas que eu tenho e ele não me responde, ele não fala não conversa, não conseguimos dialogar nunca... Talvez duas vezes em quase dois anos... Vou ter de tomar uma atitude.

 

porque me deixei levar tanto tempo? perdi tanto tempo da minha vida, cheguei á exaustão, deixei que as minhas expressões se tornassem mais fortes e fizessem de mim outra pessoa... dói tanto... 

1 comentário

Comentar post