Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A minha vida virada do avesso - crossfitjourney

A minha vida virada do avesso - crossfitjourney

Para a menina que um dia fui

Esta é a tua vida e só tu a podes tornar única.

Sei que sentes falta de um abraço, da validação, que ficas frustrada e infeliz quando julgas que ninguém reconhece a tua especificidade. Mas se conseguisses ver-te ao espelho e perceber o quanto uma menina pequenina é especial por aguentar todos esses pensamentos sozinha, talvez aí, aprendesses a largar essa necessidade de amor. Quem sabe, conseguisses ir pela vida sem mendigar carinho.

Sabes, tu és forte. Feita de uma massa especial, e não tens de acreditar que te cabe a ti combater todas as injustiças que te impõem. A vida não é assim. Se alguém rouba os berlindes e diz que foste tu e se tu sabes que não foste, diz uma vez e vira as costas. Não tens de provar nada a ninguém e uma coisa que ainda não sabes é que as pessoas crescidas têm uma enorme dificuldade em reconhecer que estão erradas. Por isso, a única coisa acertada que podes fazer por ti, é não ficar ao pé delas. Não ouvir as suas mentiras ou não assistir à sua falta de coragem. Quanto mais tentares, infrutiferamente, provar a tua verdade, mais acreditarás que é isso que tens de fazer, que é o papel que te cabe, porque é um trabalho inacabado e o ser humano tem uma dificuldade nata em não ir até ao fim. Não é o teu trabalho. Quanto mais te sentires privada do que te é devido, do amor, mais seguirás pela vida à espera que to reponham e mais te vergarás para o conseguir. A cada vez que to recusarem, te garanto, voltarás ao instinto infantil que tens agora, de chorar, de pedir.

O amor não se pede. O amor merece-se, sempre. Se a tua mãe, o teu pai, um dia o teu marido ou namorado, não to souberem dar, apesar das qualidades que ambas sabemos que tens, então é porque o buscas nos sítios errados, é porque aprendeste, como decoraste a tabuada, a procurar onde ele não está e numa fúria de quem quer calçar o sapato esquerdo no pé direito, insistes. Deixa isso. Deixa a vida correr que ela costuma pôr tudo no lugar.

 Tu consegues. Já chegaste até aqui e os padrões são uma coisa perigosa. Vais conhecer muita gente e vão acontecer-te muitas coisas na vida que há-de vir. Tenta libertar o teu coração de todas essas pequenas grandes dores e não encetar cada nova viagem com o lastro do passado.

 Vão aparecer muitas pessoas que te amarão de uma forma pobre e deficiente e cabe-te a ti decidir que tipo de amor é que mereces, esse, ou outro muito melhor que ainda está para vir. Olha que tenho para mim, que sou mais crescida, que o que ainda não chegou há-de fazer-te mais feliz. O amor é um direito adquirido só porque se respira! Não te esqueças disso e desconfia sempre de quem te queira mostrar o contrário.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.